#corretom

O blog de corrida de Tom Fernandes


Deixe um comentário

Mas eu não consigo correr

Sempre fui o cara grande demais, desajeitado demais e pesado demais.

Minhas experiências esportivas sempre dependeram mais de inteligência do que de aptidão física (sim, Xadrez é um esporte).

O problema: a tal da prática. Todo mundo que quer correr deseja sair de casa um dia de manhã e só parar 42 km depois, de preferência na porta do Frans Café, tomar um capuccino e ler o jornal feliz da vida.

Eu também. Confesso: é frustrante correr poucos metros e perder o fôlego. Já contei que meus primeiros 100 metros quase foram parar dentro de uma ambulância?

Acho que se não fosse a insistência inicial da Leila, o incentivo do Cristiano e a pegação no pé de uma porção de gente, eu teria parado.

Mas segui o plano: 100 metros correndo e 500 caminhando. De novo. De novo. E de novo. E mais uma vez. E outra.

Na semana seguinte, 200 metros correndo e 500 caminhando.

Hoje, três meses depois, estou fazendo 1km correndo por 200 metros caminhando.

Não sei quando vou conseguir os 5 km sem parar. Mas sei que vou.

Melhor que dizer “Mas eu não consigo correr nem 1 km” é saber que “Não preciso correr tudo hoje”.

E ai, bora correr?

p.s.: Neste link tem uma série de artigos sobre os primeiros passos de um corredor.

Anúncios